Glamping em Portugal

Acampar com glamour? Sim, é possível: chama-se glamping e é uma proposta para as suas férias.

Glamping significa acampar com glamour e destina-se a quem quer contacto com a natureza sem as preocupações de montar a tenda, carregar o carro ou dormir no chão com falta de espaço. Proporciona ainda sensações de aventura e até de romantismo, e agora há tendas espaçosas, com camas iguais às dos hotéis de cinco estrelas. O conforto é o mesmo, mas com todas as vantagens de quem gosta de fazer campismo: a “porta” pode ficar aberta com vista para a natureza e, em alguns casos, os tetos abrem-se para ver as estrelas. Os “quartos” mais populares são as tendas tradicionais da Mongólia (yurt) e as tendas características dos índios americanos das grandes planícies (tipi).

Cascais Oasis
Safari, Ocean, Romantic e Morocco são os nomes – e respetivos conceitos, das tendas Tipi deste local recentemente instalado em Cascais. Verdadeiro oásis, no que respeita a glamping nesta zona do país, o Cascais Oasis é um local ecléctico adequado tanto para uns dias em família como para uma escapadela romântica. Rodeadas de verde, cada uma destas tendas confortáveis – os colchões são os mesmos usados em hotéis de cinco estrelas – e com decoração cuidada possui uma extensa área privada, que pode variar entre 200 e 400 metros quadrados. O pequeno-almoço, incluído no preço, é levado diariamente até à entrada da tenda. A curta distância do Cascais Oásis estão diversas praias, mas se preferir pode banhar-se na piscina, um antigo tanque de rega onde corre água de nascente. Vizinho da Quinta Pedagógica do Vilar, o Cascais Oasis é um verdadeiro refúgio verde e o único glamping na área da grande Lisboa. As tendas custam €80 por dia ou €530 por semana. Caminho da Quinta das Patinhas, Cobre, Cascais. Tel.: 961 111 631

Nomad Planet
Numa aldeia de Montalegre, as tendas do Nomad Planet, instaladas a 900 metros de altitude, deslumbram com a vista arrebatadora sobre o vale e a barragem da Paradela. Este é um dos mais recentes empreendimentos nacionais de glamping e, além de servir de espaço aventura, representa também a realização de um sonho para Vítor Afonso, filho de um casal de emigrantes em França. Aqui, instalou quatro Yurts onde mobiliário típico da Mongólia ocupa as espaçosas tendas capazes de albergar quatro pessoas. Isoladas com lã de ovelha para poderem suportar os invernos rigorosos da região, estes espaços custam a partir de €50, por noite, para duas pessoas (cada pessoa extra, até ao máximo de quatro por tenda, custa €10) ou €280 por semana. Existe ainda uma tenda que funciona como sala de convívio, onde se servem, por encomenda, deliciosos pratos regionais, bem como bicicletas e canoas para partir à aventura. Quer mais luxo? Aqui está ele: um jacuzzi disponível para todos os campistas. Rua do Forno, 20, Fiães do Rio, Montalegre. Tel.: 276 563 141

Lima Escape Camping e Glamping
Inserido no Parque de Campismo de Entre Ambos-os-Rios, em Ponte da Barca, o Lima Escape Camping e Glamping dispõe de um enquadramento singular, com uma paisagem de rara beleza sobre a albufeira e o rio Lima. Além de diversas vantagens proporcionadas pelas qualidades naturais da região, aqui pode optar por fazer campismo tradicional ou de luxo, com o parque a apresentar as duas valências. A experiência luxuosa contempla duas tendas: uma Tipi, decorada em estilo oriental, e uma Glamour Bell-Tent, de 5 metros de diâmetro. A primeira, recheada de almofadas e puffs, possui uma pequena varanda em madeira. Mais romântica, a Glamour Bell-Tent dispõe de uma varanda grande em madeira com mesa e cadeiras, onde é possível, por exemplo, usufruir do pequeno-almoço (incluído no preço). Com tendas a €50 e €60 respetivamente (cada pessoa adicional paga €20 por noite, €10 se for uma criança, entre os 5 e os 10 anos), o Lima Escape é um espaço que merece uma visita. Lugar de Igreja, Entre Ambos-os-Rios, Ponte da Barca Tel.: 258 588 361

Vale do Rossim Eco Resort
A primavera e o verão são as estações indicadas para viver uma experiência única, em plena Serra da Estrela e a mais de 1400 metros de altitude. Inseridos no Parque de Campismo do Vale do Rossim, os Yurts espalhados pelo espaço verde desfrutam de um enquadramento de luxo. O estado de graça estende-se ao interior destas habitações, onde é possível usufruir de todo o conforto, como se de um hotel se tratasse. Casa de banho privativa com coluna de hidromassagem, salamandra, restaurante, esplanada e Spa são atributos do local, aos quais se acrescenta uma praia fluvial, a mais alta do país. Canoagem, rappel, slide, passeios de moto 4 e pedestres, mas também pesca na lagoa e observação de aves são atividades que pode realizar neste espaço. Para ficar nos Yurts, aqui instalados por um antigo professor universitário de economia, é só fazer as contas: entre €80 (tenda Natura, em época baixa) e €130 (tenda Glamour, em época alta), para duas pessoas, com pequeno-almoço incluído. Vale do Rossim, Penhas Douradas. Tel.: 275 981 029

Portugal Nature Lodge
Piscina com espreguiçadeiras. Esta é uma imagem de marca das férias de verão e que está disponível para quem se deslocar ao Portugal Nature Lodge. Aberto desde 2009 alberga, em sete hectares e meio, três tipos de tendas: uma Yurt, quatro Tipi, uma Safari e muita natureza. Projeto de um casal de holandeses, que percorreu vários locais até decidir fixar-se neste pedaço de Odemira, tem diversos equipamentos para proporcionar momentos de grande diversão. Mas, a protagonista deste projeto é mesmo a natureza, com a Serra de Monchique e o barulho como cenário: “O ruído dos passados, o tilintar dos chocalhos das vacas no pasto, o suave resmalhar das folhas dos sobreiros”, segundo descrevem os proprietários. Cozinha e casa de banho individuais, sala de convívio com jogos, livros, matraquilhos, café e minibar, internet sem fios e piscina com espreguiçadeiras e sombra são alguns equipamentos disponíveis. Quanto aos preços, começam em €5, para o Yurt, e sobem para €65, nas tendas Tipi e Safari (ocupação por duas pessoas), em época baixa. Em julho e agosto os preços variam entre €75 e €100. Monte Malhadins, Troviscais, Odemira. Tel.: 914 199 671

Yurt Holiday Portugal
Fundado, há mais de uma década, por um casal de britânicos que elegeu a serra, entre Góis e Arganil, como a sua nova casa, o Yurt Holiday Portugal disponibiliza dois Yurts. Em plena natureza, rodeadas de dois hectares povoados de densas árvores, as tendas, bem como o restante conceito, têm preocupações ecológicas: são feitas com materiais autóctones, nomeadamente, madeiras e lãs regionais. Dotado de casa de banho individual, frigorífico, bicicletas, piscina, espreguiçadeiras, cama de rede, mesa exterior e parque infantil, este resort natural tem a paz e a tranquilidade como nomes do meio. Os preços começam em €75, por noite, ou €450 por semana, para duas pessoas, com pequeno-almoço incluído. Lugar da Várzea, Pracerias, Arganil. Tel.: 235 208 526

Tipi Algarve
Foram os pioneiros do glamping em Portugal. Os britânicos Calvin e Sam mudaram-se de armas e bagagens (em que se incluem as tendas Tipi) para a região de Portimão, em 2007. Desde aí, uma parte do funcionamento do espaço da Tipi Algarve é assegurada por voluntários, através do projeto WWOOF Portugal, acolhendo pessoas dos quatro cantos do mundo, que aqui habitam e trabalham durante curtos espaços de tempo, em troca de comida e alojamento. É por isso, mais do que um refúgio no monte, um local em que está garantido o intercâmbio de culturas. Quatro tendas Tipi, três Safari e uma Yurt asseguram um alojamento glamouroso no monte, perto do desejado mar (dista 11 quilómetros de Portimão). Cozinha individual, chuveiros e sanitas comuns, livros, jogos, brinquedos, snooker, matraquilhos, e pérgula para meditação e yoga são equipamentos indispensáveis para uns dias bem passados. Para um mínimo de três noites, para duas pessoas, as tendas custam a partir de €200. Entre 1 de julho e 30 de setembro a estadia mínima sobe para cinco noites, com preços a partir de €270. Monte João Afonso, Rasmalho, Portimão. Tel.: 935 271 819

Eco-Lodge Brejeira
Uma rulote cigana, uma carrinha de bombeiros e uma tenda Yurt. São estas as originais opções de alojamento no Eco-Lodge Brejeira, em Silves. Diferente de outras opções, o conceito nasceu pela mão de um casal de holandeses que em 2007 procurava “paz, natureza e liberdade”. No enquadramento serrano, em seis hectares com vista para a Serra de Monchique, encontraram o sonho que perseguiam e, literalmente, armaram tenda. As preocupações ambientais são uma constante no Eco-Lodge Brejeira. A eletricidade é fornecida pelo sol e pelo vento, existe uma fonte própria, as casas de banho também são ecológicas e o seu conteúdo tem como destino a compostagem para depois alimentar a horta biológica. Também a maioria dos móveis são em segunda mão. Para se instalar na carrinha dos bombeiros, os valores começam em €20, por noite, ou €125 por semana (em novembro), subindo para €35, por noite, ou €230, por semana, em época alta (entre 16 de junho e 15 de setembro). A Rulote Cigana e o Yurt custam €60, por noite, ou €395, por semana, também para duas pessoas, para um mínimo de três noites em época alta. Em novembro, os preços baixam para os €40 por noite, €250 por semana. Ambiente e conforto estão de mãos dadas neste pedacinho de paraíso. São Marcos da Serra, Brejeira, Silves, Tel.: 919 376 502

Lakeview Yurt Retreat
A proposta do Lakeview Yurt Retreat é simples: férias ecológicas e relaxantes. No centro do país, a olhar para o lago do Cabril, em Pedrógão Grande, erguem-se duas tendas que prometem colocar o visitante e novo em contacto consigo próprio e com a natureza. O cenário é idílico, belíssimo, enquadrado pela frescura das árvores e do lago. Dentro dos dois Yurts encontra tudo o que precisa para manter os níveis de conforto acima da média. Aberto entre abril e outubro, o Lakeview Yurt Retreat tem diversos pacotes que, além do alojamento, oferecem mimos e atividades extras: Honeymoon (com massagem, jantares de três pratos com vinho, champanhe à chegada, em sete noites de alojamento, por €780, por casal); Raw Superfood Detox (um programa de sete noites com menus desintoxicantes, massagens e workshops, por €890, com tudo incluído para duas pessoas) e Activity (privilegia as atividades físicas, com passeios de canoa, bicicleta e percursos pedestres, por €680, preço para duas pessoas durante sete dias. Os preços gerais começam em €35, por noite, ou €220, por semana, para a época baixa no Oak Yurt e sobem para €45, por dia, €280, por semana, para duas pessoas, na época alta (julho e agosto). No Willow Yurt, uma noite custa €50 e uma semana €300, em época baixa, subindo para €60, por noite, ou €345, por semana, nos meses de julho e agosto. Os preços incluem pequeno-almoço continental. Cabril, Pedrógão Grande. Tel.: 916 227 669

O Homem Verde
Na Serra do Espinhal, em Penela, O Homem Verde propõe a todos os visitantes, sejam eles mais aventureiros ou mais tranquilos, os “benefícios de uma vida simples”. Mas, com todo o conforto, claro! A partir dos dois Yurts e uma tenda Tipi é possível partir à aventura. Bem pertinho, para desfrutar da natureza em grande estilo, há cascatas, praias fluviais e piscinas naturais. Pode também cruzar-se com animais como veados, javalis e águias ou simplesmente, enquanto aprecia o céu estrelado dentro do Yurt (tem uma “janela” no meio) ouvir o piar das corujas. Quanto a preços, acampar nos dois Yurts custa a partir de €40 por noite (dia de semana, em época baixa), podendo albergar até 4 pessoas. Em época alta, entre junho e setembro, encontra preços desde €50. A Tipi, só disponível de junho a setembro, custa €35 por noite. Dotado de deck exterior, salamandra, frigorífico, cozinha, casa de banho, Internet wi-fi, espreguiçadeiras, mesas e parque infantil, este refúgio oferece todo o conforto para um fim de semana ou umas férias em estreito contacto com a natureza. Espinhal, Penela. Tel.: 912 823 929

Glossário Glamping

Fusão de dois conceitos, a palavra glamping resulta da junção das expressões “glamourous” e “camping”. Na prática, significa um tipo de campismo diferente, que compreende todas as coisas boas do tradicional, como o contacto com a natureza, a experiência e o espírito de aventura, sem os incómodos. As tendas são espaçosas, têm camas, luz elétrica e todas as mordomias que permitem sentir-se como se estivesse num hotel.

Tipi: A Tipi é um tipo de tenda que lembra as estruturas mais tradicionais, em forma de cone invertido. Se dissermos que se assemelha ao modelo utilizado pelos índios norte-americanos é fácil visualizar a estrutura alta e estreita. Estas tendas proporcionam uma atmosfera especial, simultaneamente acolhedora e espaçosa.

Yurt: Nas tendas Yurt, uma espécie de casas móvel circular inspirada nas utilizadas pelos povos nómadas da Mongólia, impera a sensação de espaço. De forma redonda e bastante ampla, permitem algum esmero na decoração, habitualmente a tender para o étnico e rústico. Algumas Yurts dispõem de uma ‘janela’ na parte de cima que permite apreciar o céu estrelado com todo o conforto e, durante o dia deter-se no céu azul.

Safari: As tendas Safari inspiram-se nas lonas usadas na África do Sul e lembram uma expedição ao deserto. Largas e claras, costumam ter uma antecâmara (como acontece com diversos modelos de tendas tradicionais), e assemelham-se às antigas canadianas, que existiam antes da proliferação das tendas “Iglo”, mas muito mais espaçosas.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *