Central fotovoltaica em forma de panda.

O objetivo é alertar e sensibilizar os mais jovens a interessarem-se pelas energias renováveis.

Segundo o jornal The Indian Express, uma empresa que construiu uma central fotovoltaica na China, organizou o conjunto de painéis solares em forma de panda. Como é de esperar, este pormenor só é percetível visto do ar.

A central foi construída na cidade de Datong, na província chinesa de Shanxi e tem a capacidade de 50 megawatts, mas até ao final do ano é esperado o aumento de capacidade de produção de energia de 100 megawatts.

“Ao criarmos a central fotovoltaica em forma de panda pretendemos estimular os jovens a interessarem-se e a entusiasmarem-se com a aplicação da energia solar”, explicou Alan Li, o CEO da empresa China Merchants New Energy Group.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *