Para peixinhos que não vêm dos oceanos, o melhor destino vai ser a sua cozinha! Delicie-se com esta famosa iguaria.

Para os peixinhos da horta o feijão verde é cozido (não demasiado) com água e sal. Depois de escorridas, as vagens passam por polme, cuja base é constituída por farinha e ovos e vão a fritar em azeite bem quente.

 

400g de feijão-verde

150g de farinha com fermento

2 ovos

1 dl de agua com gás bem gelada

1 c .s de azeite

Sal e pimenta q. b

Óleo para fritar

  1. Limpe o feijão-verde, retire o fio e leve-o a cozer em água temperada com sal durante 5 minutos. Depois, escorra e deixe arrefecer.
  2. Prepare o polme. Deite a farinha para uma tigela, tempere com sal e pimenta, junte os ovos, o azeite e a água em fio, mexendo sempre até ficar um polme liso.
  3. Leve ao lume um tacho com óleo abundante e deixe aquecer.
  4. Mergulhe o feijão-verde, um a um, no polme, deixe escorrer um pouco, deite no óleo e deixe fritar até ficarem douradinhos.
  5. Retire e deixe escorrer. Sirva, por exemplo, com arroz de tomate.

 

Receita do Chef Hernâni Ermida 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *